Posts Tagged ‘TOW IN’

Tow in na teoria e na prática

agosto 4, 2010

Acredito que a grande maioria dos surfistas pensa que fazer tow in é “fácil”, assim como eu pensava. Afinal, você agarra o cabo e o cara te joga nas bombas que você não conseguiria acessar na remada, sem ter que varar a arrebentação e tomar na cabeça, certo? Não exatamente.

Durante este último fim de semana, acompanhei o curso básico de tow in da Jet Resgate, empresa especializada em consultoria, treinamento e serviços aquáticos, em parceria com a Apnea Sports Consultoria Esportiva, que aconteceu em Ubatuba. Ministrado pelo Romeu Bruno, Zecão e João Capilé, todos watermen gabaritados, e pelo Christian Dequeker, profissional referência em apnéia no País, o treinamento discorreu sobre os fundamentos básicos do tow in. Tanto na teoria quanto na prática, a coisa é um pouco mais complexa do que eu como leigo poderia imaginar.

       

Durante o primeiro dia, as lições giram basicamente em torno do equipamento e noções elementares de segurança, desde como retirar o jet ski da carreta, passando por como você deve esquiar, até como proceder após a vaca. O curso tem protocolo para cada situação e existem mais situações do que você pode supor inicialmente. Paralelamente, técnicas de apnéia são oferecidas para capacitar fisicamente o atleta.

Toda essa metodologia é transmitida antes de ir para a água e reforçada na prática quando entramos no mar. No segundo dia, quando você coloca a alça no pé e finalmente acredita estar pronto para dropar as bombas, é que o bicho realmente pega. Soltar o cabo antes da hora, cair de cara, entre outros erros crassos são tão comuns na primeira vez que você fica chocado. Ainda bem que neste momento você está começando em 0.5 metro (obviamente sem um único surfista remando nas redondezas) e não em 12 pés havaianos de onda, que “de tow in é mamão”. Isso sem falar da dor nas costas, bíceps, coxas etc, que você sente depois de pegar poucas ondas e esquiar um pouco.

A minha conclusão prática é que este é um esporte totalmente diferente, ou seja, não importa o quanto você seja bom no surf, você vai precisar ser humilde para aprender a teoria e prática do tow in para atingir preparo equipo, físico e mental. Não é nada fácil!

Clique aqui para conhecer o site da Jet Resgate 

Clique aqui para conhecer o site da Apnea Sports

Veja a matéria do WAVES e NEXTSURF

Anúncios

A velha polêmica do Tow In

outubro 11, 2009
Durante o último sábado, dia 3 de outubro, fui surfar em São Pedro, no Guarujá (SP). Acompanhado do fotógrafo Edu Vertullo, cheguei para conferir as condições do mar por volta de 9:00h da manhã. Grata surpresa foi encontrar ondas de 1 metro abrindo muito, com a arrebentação fácil e pouco crowd na água.
Após surfar boas esquerdas e direitas por quase uma hora, tive outra grande surpresa, esta nada boa: duas duplas de tow in começaram a passar entre os surfistas, ao ponto de que em algumas situações eu vi o piloto desviar de surfistas que estavam sentados esperando a série. Isso mesmo, os caras estavam fazendo tow in em 1 metro de onda, no meio de pelo menos meia dúzia de surfistas que assistiam indignados às cenas bizarras.
Não sou contra o tow in, muito pelo contrário, admiro muito o esporte, apesar de não praticar. O problema é que a modalidade está se disseminando com muita intensidade e pouca organização ou respeito. Muito se fala em associações, regulamentação etc, mas a verdade é que isso não tem acontecido na prática. Sinceramente, vejam as fotos deste dia ao qual me refiro. Compare as imagens dos surfistas de remada e as imagens que o fotógrafo Du Vertullo fez dos surfistas de tow in. Além de todo o treinamento que aborda pilotagem, técnicas de resgate, primeiros socorros, entre tantas outras que o tow in demanda, os surfistas que usam o jet precisam de muito bom-senso. Surfar ondas de 1 metro em meio a outros surfistas é no mínimo perigoso e imprudente, para não dizer constrangedor!

Durante o último sábado, dia 3 de outubro, fui surfar em São Pedro, no Guarujá (SP). Acompanhado do fotógrafo Edu Vertullo, cheguei para conferir as condições do mar por volta de 9:00h da manhã. Grata surpresa foi encontrar ondas de 1 metro abrindo muito, com a arrebentação fácil e pouco crowd na água.

IMG_086

Após surfar boas esquerdas e direitas por quase uma hora, tive outra grande surpresa, esta nada boa: duas duplas de tow in começaram a passar entre os surfistas, ao ponto que em algumas situações eu vi o piloto desviar de surfistas que estavam sentados esperando a série. Isso mesmo, os caras estavam fazendo tow in em 1 metro de onda, no meio de pelo menos meia dúzia de surfistas que assistiam indignados às cenas bizarras.

IMG_157Não sou contra o tow in, muito pelo contrário, admiro muito o esporte, apesar de não praticar. O problema é que a modalidade está se disseminando com muita intensidade e pouca organização ou respeito. Muito se fala em associações, regulamentação etc, mas a verdade é que isso não tem acontecido na prática. Sinceramente, vejam as fotos deste dia ao qual me refiro. Além de todo o treinamento que aborda pilotagem, técnicas de resgate, primeiros socorros, entre tantas outras que o tow in demanda, os surfistas que usam o jet precisam de muito bom-senso. Surfar ondas de 1 metro em meio a outros surfistas é no mínimo perigoso e imprudente, para não dizer constrangedor!