Posts Tagged ‘Timo’

Timo: a chave da energia vital

fevereiro 4, 2010

Timo, do grego thýmos, significa “energia vital”. Esta pequena glândula localizada atrás do peito se expande quando estamos felizes, encolhe praticamente pela metade quando estamos tristes ou estressados e ainda mais quando ficamos doentes. Tal característica enganou a ciência por muito tempo, considerando que o Timo era estudado exclusivamente via autópsias e, portanto, era sempre encontrado de forma reduzida. A teoria mais aceita era que ele “atrofiava e parava de trabalhar na adolescência.”

Posteriormente, a medicina demonstrou que, mesmo encolhendo após a infância, o Timo continua totalmente ativo como um dos pilares do sistema imunológico, junto com as glândulas adrenais e a espinha dorsal, e está diretamente ligado aos sentidos, à consciência e à linguagem. Como uma central telefônica por onde passam todas as ligações, faz conexões para fora e para dentro. Quando somos invadidos por micróbios ou toxinas, reage produzindo células de defesa na mesma hora. Além disso, ele também é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras, pensamentos.

Amor e ódio o afetam profundamente. Idéias negativas têm mais poder sobre ele do que vírus ou bactérias, mas idéias positivas conseguem dele uma ativação geral em todos os poderes. Esta idéia vai ao encontro do trabalho da pesquisadora Candande Perth, que descobriu os receptores opióides e os neuropeptídios, provando como o ímpeto humano age sobre a nossa biologia. “Quando você fuma, ou sente ódio, ou amor, por exemplo, a sua biologia desenvolve receptores para processar estas emoções e chaves para acionar estes receptores. Em outras palavras, a sua biologia se adapta ao uso que você faz das suas escolhas e, após algum tempo, começa a reforçar tais comportamentos”, explica Candance.     

O detalhe curioso é que o timo fica encostadinho no coração, que acaba ganhando todos os créditos em relação a sentimentos, emoções, decisões, estado de espírito etc. “Fiquei com o coração apertado”, por exemplo, revela uma situação real do timo, que só por reflexo envolve o coração.

O próprio chacra cardíaco, fonte energética de união e compaixão, tem mais a ver com o timo do que com o coração – e é nesse chacra que, segundo os ensinamentos budistas, se dá a passagem do estágio animal para o estágio humano.

Você pode exercitar o timo para aumentar sua produção de bem estar e felicidade:

Pela manhã, ao levantar, ou à noite, antes de dormir.

1. Fique de pé, os joelhos levemente dobrados. A distância entre os pés deve ser a mesma dos ombros. Ponha o peso do corpo sobre os dedos e não sobre o calcanhar, e mantenha toda a musculatura bem relaxada.

2. Feche qualquer uma das mãos e comece a dar pancadinhas contínuas com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o ritmo assim: uma forte e duas fracas. Continue entre três e cinco minutos, respirando calmamente, enquanto observa a vibração produzida em toda a região torácica. O exercício estará atraindo sangue e energia para o timo, fazendo-o crescer em vitalidade e beneficiando também pulmões, coração, brônquios e garganta.

Particularmente, eu recito o seguinte mantra todos os dias logo cedo:

“Obrigado Senhor por mais um dia de vida nesta tua Terra maravilhosa. Minha missão hoje é livrar da dor e do sofrimento todos os seres que sentem, inclusive eu. Hoje, nesta (diga o dia de semana), é o melhor dia da minha vida! Obrigado Senhor”.

Anúncios