Zeitgeist

Você gosta de teorias da conspiração? Eu não, mas, enquanto jornalista, não posso ignorar argumentações baseadas em fatos. O filme Zeitgeist, produzido em 2007 por Peter Joseph, pode parecer uma destas teorias malucas que aponta para um grupo de indivíduos orquestrando planos para controlar o mundo. Pois é isso mesmo, mas com uma argumentação bem amarrada e ancorada em dados que, para mim, são irrefutáveis:

Sobre o 11 de setembro, por exemplo, o filme afirma que o evento foi uma “farsa organizada pelo próprio governo dos Estados Unidos para forjar um pretexto que fosse forte o bastante para instaurar pânico e legitimar ações controladoras mais severas e intervenções militares”.

Fatos:

– Os destroços do World Trade Center queimaram 500º Fahrenheit  (equivalente a 260 graus Celsius) acima do que sequer o combustível utilizado em aviões comerciais pode queimar. So what? TNT, Dinamite my friend, tipicamente utilizada em processos de demolição.

– Vídeos do evento demonstram claramente pequenas explosões acontecendo na base do prédio 15 segundos antes do primeiro avião sequer se chocar contra o World Trade Center (ver o vídeo). Várias testemunhas alegaram de fato ter ouvido e/ou visto estas explosões.

– Especialistas em demolição avaliaram as colunas do WTC e afirmam categoricamente que elas foram previamente cerradas em um ângulo de 45º e detonadas com dinamite, o que caracteriza um processo típico de demolição.

– Nenhum corpo ou destroços do avião foram jamais encontrados no Pentágono, onde supostamente os terroristas teriam jogado outro avião naquela fatídico dia.

– Após o 11 de setembro, o governo dos Estados Unidos homologou uma “Reposta aos atentados terroristas de 11 de setembro”, no qual vários direitos civis são derrubados e aumentando o controle do estado sobre a população.

O que aconteceu em seguida vocês todos sabem. By the way, sabe quem determinou a entrada definitiva dos EUA na primeira guerra mundial? O senador Prescott Bush, avô sabe de quem? Pois é. Ele foi acusado na época de ajudar a ascensão de Hitler ao poder para, posteriormente, apoiar a entrada dos EUA no bloco dos aliados. Exatamente o que os EUA fazem hoje, financiado armas para Taiwan e mantendo relações hipócritas de colaboração com a China.

Além disso, o filme aborda temas como Cristianismo, o Banco Central dos Estados Unidos da América (Federal Reserve) etc. Ele foi lançado online livremente via Google Video e uma versão remasterizada foi apresentada com premiere global em 10 de novembro de 2007, no 4th Annual Artivist Film Festival & Artivist Awards.

Em 2 de Outubro de 2008 foi lançado um segundo filme, continuação do primeiro, chamado Zeitgeist:Addendum, onde se trata temas como a globalização, manipulação do homem pelas grandes corporações e instituições financeiras e o atual caos material e moral da humanidade, apresentando o Projeto Vênus como solução para o problema.

Em entrevista, Peter Joseph afirmou que decidiu fazer o filme após ser convidado ao clã dos Rockfeller. “Eu fiquei chocado quando eu perguntei qual era o motivo de tudo isso. Eles simplesmente me responderam que não era mais sobre dinheiro, era sobre determinar como as pessoas deveriam viver”.

Teoria da conspiração? Assista ao filme e tire as suas próprias conclusões. Eu entendo que Zeitgeist é uma obra clássica e corajosa, que demonstra como  grandes banqueiros internacionais e a cúpula de Washington determinam a forma como quase sete bilhões de seres humanos vivem atualmente.              

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Uma resposta to “Zeitgeist”

  1. Pagani Says:

    Opinião: a parte sobre o Cristianismo é bem legal e a mais bem fundamentada do filme. A parte sobre o Fed já entra numa discussão um pouco mais argumentativa que factual. E sobre o 9/11, bom, apesar de alguns argumentos pertubadores, continuo achando que um grupo que não consegue nem se organizar para se manter no poder, tá longe de ter capacidade intelectual de fazer algo assim acontecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: